Após relatório, democrata não descarta pedido de impeachment contra Trump

No entanto, Adam Schiff acredita que a tentativa poderia fracassar devido ao grande poder de influência republicano
às 16:29
Foto: Shealah Craighead/Flickr/White House

O chefe do Comitê de Inteligência da Câmara Baixa dos Estados Unidos, Adam Schiff, do partido Democrata, declarou que não descarta encabeçar processo de impeachment contra o presidente Donald Trump devido às suas ligações com a Rússia durante a campanha eleitoral, mas opinou que a tentativa poderia fracassar devido ao apoio dos republicanos a favor de seu líder.

De acordo com ele, os republicanos “estão dispostos a levar água ao presidente independentemente de sua conduta ser corrupta, imoral e desonesta. No entanto, pode ser que empreendamos um processo de impeachment. Acredito que como convenção vamos decidir o que é melhor para o país”.

Segundo uma versão censurada do relatório elaborado pelo procurador-especial Robert Mueller sobre a investigação, divulgado na semana passada, não há “provas suficientes para apoiar acusações criminais” sobre a primeira suspeita. No entanto, o documento lança dúvidas sobre uma possível obstrução de Trump à Justiça.

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.