Argentina confirma 2 casos de febre amarela importados do Brasil

Reprodução/Globo

Duas pessoas de naturalidade argentina estão de febre amarela, o motivo é que uma mulher de 45 anos e um jovem de 28 anos, vieram até o Brasil e contraíram a doença na cidade de Ilha Grande, no Rio de Janeiro, os dois são moradores de Buenos Aires. A mulher, que esteve no Brasil entre 29 de janeiro e 10 de fevereiro, teve seu diagnóstico confirmado nesta sexta-feira (23), segundo o Ministério da Saúde argentino. No dia 19 deste mês o Ministério tinha anunciado que a mesma doença fora confirmada no caso do jovem, que esteve em Ilha Grande no começo de fevereiro. No dia 12 ele passou a sentir dor de cabeça e dores musculares generalizadas e teve febre alta. Ao voltar a Buenos Aires, no dia 15, foi submetido a um teste de dengue. Com o resultado negativo, o rapaz foi internado e outros exames foram realizados, até que se chegou ao diagnóstico de febre amarela. As identidades dos dois pacientes não foram divulgadas, mas o Ministério informou que nenhum deles havia tomado a vacina contra a doença antes de embarcar para o Brasil. As autoridades argentinas não descartam o surgimento de novos casos importados do país vizinho.

RN | G1

 

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.