Boulos vai ao STF contra Eduardo Bolsonaro por calúnia e difamação

Registrada em protocolo nesta quinta-feira (10), a petição está sob relatoria do ministro Marco Aurélio Mello.

Foto: Suamy Beydoun

O pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSOL e coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos registrou queixa contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho de Jair Bolsonaro (PSL), por calúnia e difamação. 

Registrada em protocolo nesta quinta-feira (10), a petição está sob relatoria do ministro Marco Aurélio Mello. No documento, Boulos lista uma série de postagens de Bolsonaro no Twitter em que o deputado associa a ocupação do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após um incêndio no dia 1º de maio, ao MTST --o prédio, no entanto, era ocupado por outro movimento, o MLSM (Movimento de Luta Social por Moradia).

Retiro Notícias | UOL

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.