Casagrande afirma que vaidade dos jogadores prejudicou o Brasil na Copa da Rússia

Comentarista participou do programa ‘Seleção SporTV’ nesta sexta-feira (27)

Foto: Divulgação

Durante uma participação no programa ‘Seleção SporTV’ desta sexta-feira (27), o comentarista da Rede Globo, Walter Casagrande, deu a sua opinião sobre o fracasso da campanha da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Segundo ele, a vaidade dos jogadores, não só de Neymar, atrapalhou o desempenhou do Brasil nos campos.

“Os jogadores ficaram muito vaidosos, pospstars até, têm desejos que antes não tinham, querem coisas que não têm nada a ver com futebol por vaidade. Isso ficou muito claro, principalmente na Seleção. Aconteceram coisas ali do grupo da seleção que eram completamente desnecessárias e não tem nada a ver com uma competição importante como a Copa. Pediram coisas ou levaram gente que não tem nada a ver com futebol, só perde o foco. Isso está acontecendo muito mais com o jogador brasileiro, muito mais do que com o europeu, que está muito mais profissional”, disse

O comentarista ainda salientou que não é só Neymar que possui um comportamento vaidoso dentre os jogadores brasileiros. Não e só Neymar e só os brasileiros que jogam na Europa. Os que estão no Brasil também são vaidosos, em menor proporção, mas também são. Exigem coisas, querem coisas que não têm nada a ver com o futebol. Ficar jogando videogame fechado, colocando fone, não conversar com jogadores. Isso não existe. Você ir para o jantar, voltar do jantar, jogar videogame e coloca o fone, você vai jogar com seu companheiro de ataque e não conversa com ele?”, comentou.

Nem mesmo o técnico Tite ficou de fora dos comentários do ex-jogador da seleção Brasileira. “Eu estava nas coletivas do Tite. Teve uma pergunta e a resposta foi: ‘não, não precisamos de psicólogos”. Gosto muito do Tite, mas discordo totalmente. Você precisa de um psicólogo. Você vai discutir vaidade se você não é profissional?”, encerrou

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.