Ciro Gomes em Serrinha: “Brasileiros tinham 11 nomes para presidir o Brasil e escolheram o pior”

Ciro concorreu três vezes a presidencial da república, tendo ficado em terceiro lugar no ultimo pleito em 2018.

às 0:59 e atualizado às 01:10

Por Micael Levi *

Foto: Raimundo Mascarenhas/ Calila Notícias

Antes de se dirigir para o palco, onde iria dá uma palestra na abertura do 3º Encontro Nacional de Parlamentares Municipalistas no Centro Juvenil Santo Alessandro, o ex-ministro da Fazenda e ex-governador do estado do Ceará, Ciro Gomes, participou de uma entrevista coletiva onde respondeu as mais diversas perguntas no tempo aproximado de 15 minutos.

Ciro concorreu três vezes a presidencial da república, tendo ficado em terceiro lugar no ultimo pleito em 2018. Ele obteve 13.344.366 votos (12,47%) dos votos válidos.

Perguntado sobre se ele saiu da última disputa desanimado ao ponto de afirmar que não mais disputaria eleição, Ciro afirmou que não saiu desanimando, e sim ‘chocado’ com a vulnerabilidade da sociedade brasileira ao escolher o pior nome de todos que estavam na disputa da presidência. O governador se dirige a Jair Bolsonaro, que desde sua campanha eleitoral despreza o atual presidente, a ponto de chamar Hitler, ditador nazista de mais intelectual que Bolsonaro.

Foto: Raimundo Mascarenhas.

O evento foi aberto na noite desta terça-feira, 03, na cidade de Serrinha. Ciro tinha algumas horas para falar sobre o Novo Cenário das Eleições de 2020, e como a palestra era voltada para os vereadores foi sobre eles que o ex-governador e ex-ministro iniciou a palestra. Ele contou a dificuldade que o país vem enfrentado.

As atividades continuam nesta quarta e quinta-feira, 04 e 05. Clique aqui para ver toda a programação

Ouça a entrevista com o repórter Valdemi de Assis

Veja a entrevista coletiva

Veja na integra a palestra

*com informações de Calila Notícias

COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.