Como transformar o seu blog em um negócio; confira dicas

É preciso também trabalhar com dedicação e definir bem as suas estratégias

às 15:00

Numa época onde novos negócios e novas tecnologias estão surgindo o tempo todo, muita gente tem utilizado a internet para obter lucro, por meio de canais no YouTube ou mesmo com blogs. Mas isso não é tão fácil quanto muita gente pensa. Não basta produzir conteúdo para que ele se torne um negócio lucrativo. É preciso também trabalhar com dedicação e definir bem as suas estratégias.

Porém, antes de pensar nas estratégias de como ganhar dinheiro com o seu blog, é importante definir a plataforma onde ele será hospedado. O software escolhido precisa ser bom e flexível para implementar os anúncios que se tornarão a fonte de receita do seu blog futuramente. As três plataformas mais conhecidas são Blogger, WordPress e Tumblr. Mas qual escolher?

Cada uma das plataformas possui as suas vantagens e desvantagens. O Blogger permite aos usuários hospedar os blogs nos servidores do Google de maneira gratuita, além de ter uma interface bastante intuitiva. Já o WordPress possui duas versões – uma gratuita e outra premium. A versão gratuita fornece os serviços básicos e pouco controle sobre o layout, enquanto a versão paga permite uma maior flexibilidade e oferece mais funcionalidades, porém exigem a compra de um domínio e da hospedagem.
Para quem deseja usar o Tumblr como plataforma é preciso entender que ele é um sistema que permite o compartilhamento de textos, vídeos, áudios, links. Uma grande vantagem é sua capacidade de criar uma rede de seguidores, além da alta popularidade que a plataforma vem ganhando nos últimos anos.

Conquistando seu público
Existem duas dicas muito importantes no momento de conquistar o público do seu blog: apostar em uma identidade de marca e escrever um conteúdo que interesse ao seu leitor-alvo. Principalmente para quem deseja usar o blog para negócio, a identidade da marca é uma parte fundamental. Por isso, contratar um bom design para te ajudar a criar uma marca que apresente da melhor maneira o seu blog ao público é imprescindível.

Em relação ao conteúdo, é preciso mais do que vontade de atualizar o blog. Torná-lo um negócio exige muito estudo, foco e uma profunda análise sobre os temas abordados. Sempre que necessário, deixe claras as referências que você utilizou para produzir o seu conteúdo. Tome também muito cuidado com os direitos autorais de textos, citações, imagens e vídeos que você vai usar em suas publicações para que não haja dores de cabeça com problemas jurídicos num futuro.

O texto é uma parte fundamental no sucesso do seu blog. Por isso, é imprescindível investir um tempo na busca de palavras-chaves, que desempenham um papel importante no SEO, facilitando que o seu blog seja encontrado de maneira mais simples no Google. Reuniões de pautas são importantes para que novas ideias de temas surjam e os autores evitem repetir a todo o momento um mesmo assunto.

As imagens também são muito importantes para deixar o seu conteúdo mais atrativo e interessante. Se você mesmo tiver produzido as imagens do seu blog, tome cuidado no momento da edição. Caso a imagem não lhe pertença, então é fundamental saber sob qual licença ela foi produzida e publicada e entrar em contato com o autor nas situações em que elas possuam direitos reservados.

Receita
Mas um conteúdo de qualidade apenas não é decisivo para que o seu blog se torne um negócio lucrativo. As duas melhores maneiras de ganhar dinheiro com ele é por meio de venda de espaços publicitários ou vendendo algum tipo de produto em seu site, podendo ser um produto físico ou algo informativo, como um e-book. A importância do conteúdo produzido está principalmente em gerar acesso ao seu blog para alavancar as vendas ou gerar interesse das empresas em anunciar nele.

Há assuntos que já foram muito replicados na internet e eles podem ajudar a movimentar o seu blog, mas é importante focar também em um conteúdo exclusivo. E essa é uma das partes que pode ser mais difícil nesse processo e exigirá trabalho duro e muito estudo.

E como conseguir os anunciantes para o seu blog? Uma boa maneira de começar é se inscrever em um Programa de Afiliados. Ao final da inscrição, você receberá um código para que os anúncios da empresa sejam exibidos em seu blog. A sua remuneração será proporcional à quantidade de cliques no anúncio que o seu blog gerar para essa empresa. Alguns desses programas remuneram apenas as vendas que se originaram com aquele clique, então é importante ficar atento ao funcionamento do programa no qual você se inscreveu.

E o dinheiro?
Publicação de resenhas pagas de produto, cobertura pagas de eventos, realização de palestras e hospedagem de banners são outras maneiras de seu blog se transformar em um negócio rentável.

Apenas quando o seu blog tiver um volume considerável de visitantes é que você poderá comercializar seus espaços publicitários diretamente com as empresas. Essa é uma das formas mais lucrativas de gerar renda com o seu blog. Isso porque muitas empresas buscam por blogs de sucesso no segmento de seus produtos para fazer anúncios e conseguir mais clientes. Por isso é tão importante que você tenha um nicho definido.

Além disso, você pode vender infoprodutos como forma de ampliar a sua renda. As rotinas corridas têm levado as pessoas a buscarem na internet por formas de se especializarem em suas áreas sem sair de casa e o mercado de e-books ou cursos online pode ser uma forma de explorar esse público. Quanto mais autoridade no assunto você e o seu blog tiverem, maior será a chance das pessoas comprarem os seus infoprodutos.

Mas nenhuma dessas vantagens se consegue sem dedicação, foco e estudo. Manter uma vida de blogueiro é trabalhoso e exige disciplina. Sem isso, o seu blog vai acabar sendo ofuscado por muitos outros que buscam o mesmo objetivo que você.

COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.