Copa do Mundo FIFA 2022 será no Catar, país no Oriente Médio

O Catar decidiu apresentar a sua candidatura apenas para 2022

  via Wikipédia - Adaptação por Micael Levi, Retiro Notícias às 21h11

Vista aérea de Doha, capital do Catar (Foto: Reprodução)

A vigésima segunda edição Copa do Mundo FIFA 2022 será no Catar, país no Oriente Médio. O campeonato será disputado entre 21 de novembro e 18 de dezembro, primeira vez em que é disputado no final do ano. A edição de 2022 será a primeira realizada no Oriente Médio e a última a ter o formato de 32 equipes, já que a competição terá uma mudança no formato e número de equipes na edição de 2026, onde será sediado nos EUA, México e Canadá, passando para 48 equipes.

Segundo a Wikipédia, acusações sobre corrupção foram feitas feitas após o Catar ganhar o direito de sediar o campeonato. A FIFA realizou investigação interna sobre estas alegações e absolveu o Catar de qualquer crime cometido. Em 27 de maio de 2015, promotores federais suíços abriram uma investigação sobre corrupção e lavagem de dinheiro nas eleições das cidades-sede das edições de 2018 e 2022.

Logotipo oficial da candidatura - (FIFA)

Em 7 de junho de 2015, foi anunciado que o Catar poderia perder o direito de sediar o campeonato, após denúncias de suborno. De acordo com Domenico Scala, representante da auditoria da FIFA, as denúncias surgiram após a divulgação do resultado da votação de eleição da cidade-sede.[5] Porém, nenhum indício foi comprovado e o Catar foi confirmado como sede desta edição.[6]

O Catar sofreu diversas criticas sobre as condições dos trabalhadores dos novos estádios para a competição, sendo que a Anistia Internacional referiu-se como trabalho escravo as condições dos trabalhadores, que sofriam abusos de direitos humanos, violando diversas regras da instituição.

O Catar decidiu apresentar a sua candidatura apenas para 2022. Com apenas 1,6 milhão de habitantes, o país pretendeu ser a primeira nação do Oriente Médio a receber tal competição, tentando aproximar os mundos ocidentais e orientais.

Uma das preocupações da candidatura foram as temperaturas muito elevadas que se registram naquele país. A Copa do Mundo sempre foi realizada entre junho e julho, exatamente o período de recesso das ligas europeias. Nesse período de tempo, as temperaturas ultrapassam facilmente os 40 graus celsius, nunca baixando para menos de 30 graus celsius. O sheik Mohammed bin Hamad bin Khalifa al-Thani, autoridade responsável pela candidatura de 2022, afirmou que está em curso a introdução de uma tecnologia dentro dos estádios de modo a conseguir baixar as temperaturas em cerca de 20 graus celsius.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, admitiu apoiar a ideia de um país do Oriente Médio recebesse a competição. Ele afirmou que a região merece receber tal competição, já que 22 países da região nunca tiveram uma oportunidade concreta de receber um torneio deste tamanho. Blatter ainda afirma que ficou surpreendido com a evolução desta candidatura e reiterou que o país já mostrou ser capaz de organizar tal competição, quando sediou com sucesso os Jogos Asiáticos de 2006.

Processo de escolha

O processo de escolha para as sedes das edições de 2018 e 2022 iniciou em janeiro de 2009, e as associações interessadas tinham até 2 de fevereiro de 2009 para enviar a documentação necessária. Inicialmente, onze propostas foram recebidas pela FIFA, porém o México decidiu desistir do processo, e a candidatura da Indonésia foi rejeitada pela FIFA em fevereiro de 2010, após a Associação de Futebol da Indonésia não apresentar uma carta de garantia do governo indonésio para apoiar a candidatura.

No final, havia cinco propostas para a competição, a Austrália, Catar, Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão. Os membros do Comitê Executivo da FIFA se reuniram em Zurique em 2 de dezembro de 2010 para votar e selecionar as sedes das duas edições. Dois membros foram suspensos antes da votação após alegações de corrupção em relação aos seus votos.

Países candidatos 1ª Rodada 2ª Rodada 3ª Rodada 4ª Rodada
 Catar 11 10 11 14
 Estados Unidos 3 5 6 8
 Coreia do Sul 4 5 5
 Japão 3 2
 Austrália 1

A vitória do Catar foi classificada como tendo alto risco operacional pela mídia estadunidense, australiana e britânica. Foi severamente criticada após os escândalos de corrupção na FIFA. O Catar é o menor país em área e população que irá sediar uma Copa do Mundo FIFA, superando a Suíça, que havia sediado em 1954.

Sedes

Ao contrário dos eventos anteriores, esta edição deverá contar com o número mínimo de estádios, 8 (oito). Originalmente, o número final seria de 12 arenas, mas devido aos cortes que o comitê organizador foi forçado a fazer, a construção de 4 arenas foi cancelada. Destas 8 arenas, apenas duas estão confirmadas: Nova Arena de Lusail que sediará o jogo de abertura e a final, e o Estádio Internacional Khalifa que foi construído para os Jogos Asiáticos de 2006 e sediará o Campeonato Mundial de Atletismo de 2019.

Estádios que iram sediar a Copa do Mundo FIFA 2022:

Estádio Nacional Lusail (Lusail), Estádio Internacional Khalifa (Doha), Estádio da Cidade dos Esportes (Doha), Estádio da Cidade da Educação (Doha), Estádio Al-Khawr (Al Khor), Estádio Al-Shamal (Ash Shamal), Estádio Al-Wakrah (Al Wakrah), Estádio de Umm Salal (Umm Salal), Estádio do Porto de Doha (Doha), Estádio Al-Gharafa (Al Rayyan), Estádio Ahmed bin Ali (Al Rayyan), Estádio da Universidade do Qatar (Doha).

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.