Flamengo elimina Grêmio com goleada e vai à final da Libertadores após 38 anos

Rubro-negro carioca fez 5×0 no tricolor gaúcho e agora vai encarar o River Plate

às 23:32

Por Micael Levi com informações do Correio 24 Horas

Foto: Mauro Pimentel / AFP

O Flamengo é o representante brasileiro na final da Copa Libertadores da América. Ontem, o time goleou o Grêmio por 5×0 e se garantiu na decisão. O primeiro jogo, em Porto Alegre, havia terminado empatado em 1×1. A finalíssima diante dos argentinos do River Plate será disputada no dia 23 de novembro em Santiago, no Chile. Os cariocas, vencedores em 1981, buscam o bicampeonato do torneio.

Jorge Jesus e Renato Gaúcho contaram com novidades nas escalações. No Fla, Rafinha e Arrascaeta se recuperaram e começaram jogando. Já o tricolor teve Paulo Miranda na lateral direita e André no setor ofensivo.

O duelo começou nervoso, amarrado, com cartões amarelos para Kannemann e Rodrigo Caio logo de cara. A primeira chance clara só veio aos 19 minutos, quando Everton recebeu pela esquerda, mandou rasteiro para dentro da pequena área e o volante Maicon finalizou fraco, nas mãos de Diego Alves.

O rubro-negro deu o troco aos 26. No contra-ataque rápido, Éverton Ribeiro encontrou Rafinha na direita. O lateral cruzou para Bruno Henrique que, na marca do pênalti, mandou de cabeça, tirando tinta da trave do goleiro Paulo Victor.

Com mais posse de bola, os rubro-negros chegaram outras duas vezes. Na primeira, aos 34, Arrascaeta tentou o cruzamento e quase enganou Paulo Victor, que deu um tapinha para salvar. Depois, aos 39, Gabigol recebeu dentro da grande área, girou e bateu forte, mas o goleiro gremista estava bem colocado para não dar rebote.

O ‘ensaio’ deu resultado. Aos 41 minutos, Bruno Henrique tocou para Gabigol na direita e o centroavante chutou no gol. Paulo Victor deu rebote e a redonda sobrou livre para Bruno Henrique só empurrar para as redes e fazer o Maracanã explodir de felicidade: 1×0 e fim de papo no primeiro tempo.

Virou passeio

Na volta do intervalo, o Fla foi fulminante. Arrascaeta cobrou escanteio na primeira trave, André tentou cortar e a bola foi para Gabigol, de primeira, mandar no ângulo esquerdo. Um golaço para dar tranquilidade.

Com sete minutos, o Flamengo fechou o caixão. Bruno Henrique se antecipou no cruzamento de Filipe Luís e foi derrubado por Geromel. Pênalti marcado e bem cobrado por Gabigol, no centro, para carimbar o 3×0.

A festa ficou completa com mais dois gols. Aos 21, Pablo Marí testou para a rede após cobrança de escanteio. Aos 25, foi a vez de Rodrigo Caio praticamente repetir a história do companheiro e mandar para o fundo do gol.

Dali pra frente, era só administrar a goleada histórica, poupar os principais jogadores e deixar a torcida vermelha e preta fazer a festa nas arquibancadas.

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.