Bolsonaro suspende negociação sobre subsídio de energia a igrejas

Presidente se reuniu com o deputado Silas Câmara, coordenador da frente parlamentar evangélica, nesta quarta-feira

às 13:23 e atualizado às 13:26

Avatar Por Micael Levi

Foto: Rafaela Felicciano / Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) informou nesta quarta-feira (15/01/2020) que está suspensa qualquer negociação no governo sobre o subsídio para contas de energia elétrica de templos religiosos.

Bolsonaro disse que deu essa informação ao deputado Silas Câmara (Republicanos-MA), coordenador da frente parlamentar evangélica, durante a reunião ocorrida nesta manhã no Ministério de Minas e Energia. “Está suspenso qualquer negociação neste sentido”, afirmou o presidente.

Leia mais: Maduro desafia Bolsonaro: “vamos arrebentar seus dentes!”

“Conversei hoje [quarta-feira] com o Silas Câmara sobre essa proposta dele, o impacto seria mínimo na ponta da linha, mas a política da Economia é não ter mais subsídios. Falei com ele que está suspensa qualquer negociação nesse sentido”, comentou o presidente ao deixar reunião no Ministério de Minas e Energia.

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.