CADIDATOS A VEREADORES EM RETIROLÂNDIA TÊM CANDIDATURAS INDEFERIDAS PELA JUSTIÇA ELEITORAL

A decisão teve grande repercussão, mas ainda cabe recurso.

às 9:42 e atualizado às 09:42

Avatar Por Redação

Imagem: Reprodução

Os candidatos a vereadores em Retirolândia pela coligação formada pelo Partido Progressista (PP) e Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Elisandro Silva Moreira, conhecido como Sandro da Vargem (PP) e Carlos Augusto Araújo dos Santos, conhecido como Arobinha (PSDB), tiveram suas candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral.

A razão pela qual Sandro da Vargem não conseguiu registrar sua candidatura foi a falta de quitação eleitoral por ser devedor de uma multa e não ter comprovado pagamento ou parcelamento a tempo.

Já no caso de Arobinha, foi enquadrado pela lei da ficha limpa, já que, segundo o Ministério Público Eleitoral, teria sido condenado anteriormente por crime que o tornou inelegível por 08 anos, sendo que o cumprimento de sua pena teria terminado apenas em 2015, estando, portanto, inelegível até 2023 (Vale lembrar que não conta o dia que a pessoa entrou em liberdade, mas sim o dia do término do cumprimento integral da pena atribuída)

As decisões ainda cabem recursos, e os 02 candidatos podem continuar na Campanha Eleitoral na condição Sub Judice.

Todavia, segundo a Lei que estabelece normas para as eleições, a validade dos votos dados ao candidato que concorre “sub judice” só tem validade se ele reverter a decisão judicial, caso não reverta a decisão o voto é anulado e não vale para o somatório da legenda do partido.

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.