Deu porco: Bahia tem aumento de 17,9% no 2º trimestre em abate de suínos

1A produção de suínos na Bahia cresceu 17,9% no segundo trimestre deste ano. Segundo a Pesquisa Trimestral Agropecuária, divulgada nesta quinta-feira (14) pelo IBGE, o crescimento da Bahia foi o quarto maior entre 22 estados no período. Uma das razões para a procura é o aumento de preço da carne bovina. Entre essa e outras razões, a produção de suínos foi a atividade pecuária que mais cresceu no estado no segundo trimestre de 2017. No período, foram abatidas 32.528 cabeças de suínos, 4.932 a mais que no início do ano. Mesmo com o resultado, o abate de suínos na Bahia continua 4,6% abaixo do verificado no 2º trimestre de 2016, com -1.553 cabeças abatidas. Ainda segundo a pesquisa, dos 22 estados com informações no 2º trimestre, 14 apresentaram crescimento do abate de suínos frente ao 1º trimestre e 10 tiveram aumento em relação ao 2º trimestre de 2016. A Bahia representa 0,3% do abate nacional de suínos. O maior produtor é Santa Catarina, que, com 2,8 milhões de cabeças abatidas no 2º trimestre, respondeu por pouco mais de 1 em cada 4 suínos abatidos no país (26,5%). No Brasil como um todo, no 2º trimestre de 2017, foram abatidas 10,62 milhões de cabeças de suínos, o melhor resultado para este período do ano desde 1997, quando foi iniciado o levantamento do IBGE. O número corresponde a um aumento de 1,3% em relação ao 1º trimestre do ano e de 0,2% na comparação com o 2º trimestre de 2016. BN

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
Comente aqui!