Bolsonaro quer aumento de R$4 a R$5 no salário mínimo

Presidente vai ser reunir com o ministro da Economia Paulo Guedes na tarde desta terça-feira (14/01/2020) para discutir o assunto

às 10:46
Foto: Michael Melo/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que o reajuste do salário mínimo será tema de reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta terça-feira (14/01/2020) e que a ideia é aplicar um aumento que recomponha pelo menos o percentual de inflação do ano passado. O presidente defendeu um aumento de R$ 4 ou R$ 5 no valor do mínimo.

“Vou me reunir com o Paulo Guedes agora a tarde e eu acho que tem brecha para a gente atender aí, porque a inflação de dezembro foi atípica, né, por causa do preço da carne. Então, vai ser 14h da tarde tenho despacho com Paulo Guedes para decidir esse assunto”, disse Bolsonaro.

Leia mais: Guedes deve aumentar salário mínimo de 2020, diz jornal

O Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2019 fechou em 4,31%. Ao falar sobre a recomposição disse que a ideia é mesmo recompor a inflação. “É a ideia. É o mínimo, né, cara, é isso”, disse.

Ele ponderou a dificuldade em se dar o aumento. “A cada R$ 1 no salário mínimo são mais ou menos R$ 300 milhões no Orçamento. A barra é pesada, mas a gente não pode, apesar de ser pouco o aumento, R$ 4 ou R$ 5, a gente tem que recompor”, destacou.

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.