Eleições 2018: cobertura das últimas notícias e apuração do TSE

O Brasil vai às urnas eleger presidente, governador, senador, deputado federal e estadual

Foto: ERALDO PERES AP

Neste domingo (7), o Brasil vai às urnas para sua corrida presidencial mais competitiva desde 1989. Também está na disputa os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual. O candidato Jair Bolsonaro (PSL), que sofreu um atentado no dia 6 de setembro, lidera as intenções de voto para o Palácio do Planalto, seguido por Fernando Haddad (PT), que aposta na transferência de votos de eleitores do ex-presidente Lula, preso em Curitiba.

Concorrem ainda a uma vaga no segundo turno Ciro Gomes (PDT),  Geraldo Alckmin(PSDB), Marina Silva (REDE), João Amoêdo (Novo), Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos), Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota), Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL).


16.22

Imprensa internacional traz eleição no Brasil em destaque

Por Micael Levi

A eleição no Brasil é destaque hoje (7) na imprensa internacional, com matérias nas principais home pages dos portais de grandes veículos de comunicação na Europa, nos Estados Unidos e na América Latina. Os textos trazem o contexto quase “bélico” em que é realizado o pleito presidencial, com foco principalmente no candidato do PSL, Jair Bolsonaro, seguido de Fernando Haddad (PT), que são os mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de voto.

O site do jornal The New York Times (NYT) dedica a maior parte de sua reportagem à ascensão de Bolsonaro à liderança das pesquisas. “Seu êxito desafia as leis da gravidade política. Até pouco tempo era somente um provocador às margens do poder que conseguiu como parlamentar durante sete mandatos, mas dominou a cena midiática quando se converteu em um defensor da ditadura militar”, afirma o texto do NYT, ressaltando o uso de “ataques verbais” do candidato contra mulheres, homossexuais e mulheres negras “em um país onde a maioria da população não é branca”.

16.18

Resultados de urnas em 16 países já são conhecidos

Por Terra
Foto: Martin Acosta / Reuters

As imagens de boletins de urna de seções eleitorais de diversos países que circulam em redes sociais são verdadeiras, mas não representam o número final de votos dos candidatos a presidente. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 16 países já encerraram votação para as eleições presidenciais até 7h deste domingo (7).

Assim que a votação é concluída em uma seção eleitoral, o chefe daquela seção imprime o boletim e o fixa na porta. O resultado final, no entanto, só será divulgado com os números do Brasil, na noite deste domingo.

Ao todo, há 500.727 eleitores brasileiros aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países.

Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Timor Leste, Indonésia, Vietnã, Tailândia, Índia e Nepal concluíram votação até a manhã deste domingo, 7. Omã e Emirados Árabes Unidos devem encerrar a votação por volta das 10h15, segundo o TSE.

Em 2014, 354.184 eleitores brasileiros estavam cadastrados no exterior. De acordo com o TSE, o crescimento de 41,37% se deve a uma parceria entre o tribunal e o Ministério das Relações Exteriores que possibilitou a adoção de medidas que facilitaram o cadastramento eleitoral de brasileiros residentes no exterior.

16.16

Foto: Reuters

TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que 964 urnas foram substituídas até as 14h deste domingo (7) em todo o país. Esse valor representa 0,19% do total de 525,9 mil urnas. Os estados com mais urnas substituídas foram Minas Gerais (252) e Rio de Janeiro (123).

O primeiro turno da eleição ocorre das 8h até as 17h (de Brasília). O TSE também informou que, até 14h, foram registradas 134 ocorrências, sendo 130 com eleitores e 4 com candidatos. Um candidato chegou a ser preso em São Paulo, por divulgação de propaganda, e 31 eleitores foram detidos por motivos como boca de urna, divulgação de propaganda e transporte ilegal de eleitores. Com informações da Folhapress.

15.40

Retiro Notícias transmitirá ao vivo no Facebook as apurações dos votos

A transmissão começará às 18h no horário de Brasilia, na página do Retiro Notícias no Facebook.

15.35

“Não votem em branco”, diz o presidente do TRE de Pernambuco

Por Marina Rossi

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco convocou os eleitores do Estado para as votações deste domingo pedindo para que escolham um candidato. “Não votem branco. Não vai ajudar nada. Quem faz isso não tem o direito de reclamar”, disse o desembargador Luiz Carlos Figueiredo, ao abrir a sessão hoje pela manhã. A previsão, de acordo com ele, é ter os resultados da eleição em Pernambuco até as 21h.

Hoje, 20 servidores do TRE estão de plantão no disque-eleitor para esclarecerem dúvidas de última hora. As principais são sobre fake news e local de votação. O número do serviço é (81) 3194 9400.

15.13

Eleitores estimulam onda de boatos sobre fraude nas urnas e Tribunal desmente

Por Afonso Benites

Em grupos de apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), as principais notícias são de fraudes nas urnas. Os relatos são de que a foto do presidenciável não aparece ou de que a urna completa automaticamente a votação para presidente.

Em um dos locais onde essa boataria tem ocorrido é no Mato Grosso. Nesse Estado, eleitores de Jair Bolsonaro começaram a dizer que as urnas estão fraudadas e, se ele não for eleito em primeiro turno, terá de haver uma intervenção militar.

Para tentar frear a onda de boatos sobre fraude nas urnas, o TRE-MT emitiu uma nota para explicar aos cidadãos que a suspeita de irregularidade é uma “falsa conclusão” que poderia ser explicada por vários fatores: “Um deles é a ânsia do eleitor em votar primeiro para presidente. Ocorre que a urna possui uma orde de votação”. O presidente é o último a ser o escolhido. Antes, a votação é para deputado federal, deputado estadual, senador 1, senador 2 e governador. “Daí o fato de o eleitor pensar que a urna eletrônica anulará seu voto para presidente”.

15.10

candidato do PSL ao Senado pelo Rio, o deputado estadual Flávio Bolsonaro, disse na tarde deste domingo (7) que tem recebido “uma enxurrada” de denúncias sobre problemas em urnas eleitorais por todo o país e que vai cobrar explicações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Pela manhã, ele já havia postado em redes sociais vídeo de uma urna supostamente com defeito. O PSL pediu a eleitores que fotografem comprovantes de votação de suas seções eleitorais ao fim do dia para que o partido faça sua própria fiscalização. “Temos relatos de urnas em que a votação é encerrada antes que o eleitor chegue a votar para presidente ou que não mostra a foto do meu pai”, disse ele, que é filho do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL).

“Estamos enviando as denúncias ao TSE e esperamos apuração”, afirmou o candidato, enquanto esperava na fila para registrar seu voto em uma seção eleitoral em Vila Isabel, zona norte do Rio, onde os eleitores têm levado mais de uma hora para votar.

14.41

Eleições na Bahia – Marcos Mendes ataca Rui ao dizer que visão sobre segurança pública é similar a Bolsonaro

Por Bahia Notícias

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O candidato ao governo do Estado pelo PSol, Marcos Mendes avaliou sua campanha como “encantadora”. “A gente discutiu problemas que a população precisava entender”, explanou.

Em entrevista ao Bahia Notícias, ressaltou que não deseja que a população seja convocada apenas de quatro e quatro anos.

Questionado se o posicionamento de Rui Costa (PT) em relação a reforçar a segurança pública do Estado não converge com os pensamentos do candidato à República Jair Bolsonaro (PSL), ele foi enfático ao dizer que é “muito parecido” e defendeu três pontos fundamentais para pensar a polícia.

14.37

Por Micael Levi

Foto: Reuters

Após votar, o presidente Michel Temer afirmou que as eleições deverão ocorrer de forma tranquila em todo o país e que, passado o pleito, “todos os brasileiros vão se unir” novamente. “O poder é do povo, não será do Bolsonaro nem do Haddad, de quem seja”, disse ele. Temer também disse ter confiança nas urnas eletrônicas, cuja credibilidade foi alvo de questionamento pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL).

LER MAIS

14.11

Foto: Reprodução/Whatsapp

Por Redação – Micael Levi

Boletins de urnas no exterior já circulam nas redes; TSE não vê ilegalidade

Imagens com extratos de votos em urnas já apuradas no exterior estão circulando nas redes sociais e aplicativos de mensagem neste domingo (7).

Em locais como Japão, segundo maior colégio eleitoral no exterior (atrás apenas dos EUA), as urnas se fecharam no início da manhã de hoje, devido à diferença de fuso horário.

LER MAIS

14.03

Candidato ao Senado pela Bahia, Jaques Wagner registra voto em Andaraí

14.00

Por Redação

Foto: Reuters / Nacho Doce

Ciro Gomes, presidenciável do PDT, votou por volta das 9h15 deste domingo, 07, em uma seção eleitoral no centro de Fortaleza. Ele estava acompanhado do governador Camilo Santana (PT-CE), seu irmão Cid Gomes, candidato ao Senado pelo PDT, e sua esposa, Giselle Bezerra.

Ciro brincou que na Nova Zelândia e na Austrália, onde o pleito já ocorreu, por conta do fuso horário, as urnas já foram abertas e ele está no segundo turno. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo.

13.50

Votação no exterior é encerrada em 18 países

Por Redação

Foto: Reuters

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou há pouco que a votação para eleitores que estão no exterior foi encerrada em 18 países. De acordo com o TSE, o balanço se refere aos locais de votação, em geral as próprias embaixadas do Brasil, nos quais o pleito foi fechado às 10h, horário de Brasília, e que estão cerca de dez horas à frente no fuso horário.

13.49

Por Micael Levi

Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad votou na manhã deste domingo (7/10), na Brazilian International School, em Indianópolis, bairro da zona sul de São Paulo.

Ele chegou ao local depois de tomar café da manhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, localizado em São Bernardo do Campo (SP). Ele chegou ao sindicato às 8h, acompanhado da mulher, Ana Estela, e do candidato ao Senado Eduardo Suplicy (PT). O candidato do PT ao governo de São Paulo, Luiz Marinho, também participou do café da manhã.

Segundo lugar nas pesquisa, o petista luta para chegar ao segundo turno e enfrentar Jair Bolsonaro, do PSL, que está em primeiro lugar.

No último levantamento do Ibope, Haddad aparecia com 25% dos votos válidos, contra 41% de Bolsonaro. Já o Datafolha apresentou Haddad com 25% e Bolsonaro com 40% dos votos válidos.

13.34

Por Micael Levi

Foto: Reuters / Ricardo Moraes

candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) votou às 9h de hoje (7) no Rio de Janeiro. Ele chegou à seção eleitoral na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, acompanhado do filho Flávio Bolsonaro, que é candidato ao Senado. Agentes da Polícia Federal e militares do Exército fizeram a segurança do candidato.

“Dia 28, vamos à praia”, disse ele ao chegar à escola. Após digitar os números na urna, Bolsonaro posou para fotos e fez o sinal de positivo. Bolsonaro saiu da escola sem falar com a imprensa e foi para casa na Barra da Tijuca.

13.29

Rosa Weber, presidente do TSE, reafirmou a “transparência e absoluta possibilidade de conferência” das urnas eletrônicas, após vários boletins de urnas do exterior circularem nas redes sociais. “Cada urna, no momento em que é encerrada, libera um boletim, que é público e afixado para que possa ser conferido”, afirma. Ela também destacou o aplicativo gratuito ‘Resultados’, que permite aos cidadãos acompanherem o andamento da apuração em tempo real. Além do ‘Resultados’, outros cinco aplicativos estão disponíveis: JE Processo, Boletim namão, e-Título, Mesários e Pardal. Todos estão disponíveis na versão para Android e IOS.

Baixe aqui: http://cort.as/-Aypj

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.