Eleitor do Paraná é preso depois de postar no Facebook foto do voto na urna

Situação ocorreu na manhã deste domingo (28), em Porto Amazonas. Ele deve ser liberado depois de assinar termo circunstanciado.

Foto: Reprodução/Facebook

G1 – Um eleitor de Porto Amazonas, nos Campos Gerais do Paraná, foi preso, na manhã deste domingo (28), depois de postar no Facebook uma foto do seu voto na urna. Ele foi liberado depois de assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem, de 51 anos, ficou cerca de 30 minutos na cabine de votação. A presidente da seção, então, estranhou a demora e percebeu que o eleitor escondia algo.

A PM foi, então, chamada.

Segundo a Polícia Militar, o homem foi preso porque violou ou tentou violar o sigilo do voto – crime previsto no Artigo 32 do Código Eleitoral.

Ele foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Palmeira, também nos Campos Gerais, e não permaneceu preso porque o crime é de menor potencial ofensivo, conforme a polícia.

O eleitor deve ser liberado depois de assinar um TCO para comparecer a uma audiência com a juíza eleitoral.

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.