Ceará demite Adílson Batista após ser goleado pelo Flamengo

A derrota por 4×1 deixou o Ceará sob risco de retornar à zona de rebaixamento ao final da 35ª rodada

às 9:56
Foto: Divulgação/Ceará

A derrota do Ceará para o Flamengo, por 4×1, no Maracanã, na noite de quarta-feira (27), custou o cargo do técnico Adílson Batista. Ele foi demitido após o jogo e a direção fez um comunicado lacônico no perfil no Twitter do clube para oficializar a decisão. A expectativa é pela chegada rápida de um substituto, com Lisca, que salvou o time do rebaixamento em 2018, sendo um dos nomes aventados.

“Informamos: Adílson Batista não é mais treinador do Ceará. A diretoria alvinegra agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso em sua trajetória. Os auxiliares técnicos Cyro Garcia e Milton do Ó também deixam suas funções no Ceará”, anunciou o clube.

A derrota deixou o Ceará sob risco de retornar à zona de rebaixamento ao final da 35ª rodada. Com 37 pontos, em 16º lugar, o time pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro, com 36, e que nesta quinta-feira (28) recebe no Mineirão o quase rebaixado CSA.

Adílson chegou ao clube no início de outubro, para substituir a Enderson Moreira. Até conseguiu alguns bons resultados, dando a falsa impressão de que poderia manter o time na elite. Mas a situação mudou. Em 13 jogos, conquistou apenas quatro vitórias, com dois empates e sete derrotas. Um aproveitamento de 35,9%.

Agora restam apenas três jogos para o time evitar sua volta à Série B. No sábado (30), vai atuar no Castelão, às 19h, contra o Athletico-PR. Depois, recebe o Corinthians, também em Fortaleza, e fecha a temporada contra o Botafogo, no Rio.

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.