Febre Amarela: Ministério da Saúde alerta sobre a baixa procura da vacina

Grande parte da população ainda não se vacinou contra a febre amarela. As pessoas que mais precisam da vacina são homens, adultos jovens, que vivem perto de matas. Então, se este é o seu caso e você mora nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, procure uma unidade de saúde para receber a sua dose. É o que alerta a coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti.

Foto: Reprodução

“A febre amarela é uma doença que pode ser muito grave, é uma doença que pode matar. E eu chamo a atenção especialmente daquela população mais vulnerável que são os homens adultos e adultos jovens, e principalmente aqueles que convivem com as matas e convivem em lugares que têm muita floresta. E são eles que têm tido até o momento a maior resistência de procurar uma unidade de saúde para essa vacinação. Então eu gostaria muito de alertar: a vacina é medida mais importante de prevenção contra uma doença que pode ser muito grave e que tem matado aqui no Brasil”.

Entre o dia primeiro de julho de 2017 até 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela no Brasil, sendo que deste número 164 morreram. Ao todo, foram notificados pelos estados e municípios 1.773 casos suspeitos, sendo que 685 foram descartados e 422 permanecem em investigação.

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.