Feira: Acusado de atear fogo em ex-namorada pega mais de 15 anos de prisão

Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Um homem acusado de matar a ex-namorada após atear fogo na vítima em Feira de Santana foi condenado a 15 anos e seis meses de prisão em regime fechado. A sentença ocorreu nesta terça-feira (6). Já o homicídio aconteceu em 28 de janeiro de 2013, no bairro Queimadinha. Segundo o Acorda Cidade, João Cléber Santos Leal, conhecido Binho de Gogó, foi condenado pela morte de Iara Lima Alves, de 17 anos. Conforme o Ministério Público, o acusado não aceitava o fim do relacionamento com a jovem. A acusação declarou que João Cleber teve uma crise de ciúmes e agrediu a jovem após amarrar os pés e mãos dela com ataduras e fio de telefone. Com a vítima ainda amarrada, ele disparou um tiro contra a moça, mas não a atingiu, e em seguida ele ateou fogo nela. Levado em estado gravíssimo para o Hospital Geral Clériston Andrade, e transferida para o setor de queimados do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, ela não resistiu. A defesa do acusado disse que vai recorrer da sentença. 

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.