Greve global pelo clima atrai milhares de manifestantes nesta sexta contra mudanças climáticas

Há atos marcados contra o aquecimento global em 150 países, de acordo com os organizadores. Mais de 5 mil protestos são esperados, em uma sequência que deve terminar com uma manifestação em Nova York, Estados Unidos.

às 11:33

Por Pablisia Barreto - Fonte G1

Greve pelo Clima: na Austrália, manifestantes cruzam a ponte Victoria, em Brisbane. — Foto: AAP Image/Darren England/via Reuters

A greve global pelo clima, marcada para esta sexta (20) em 150 países, deve atrair milhares de manifestantes que exigem medidas concretas para frear as emissões de gás carbônico e combater o aquecimento global, informa a organização.

As manifestações ocorrem um dia antes de começar a Cúpula pelo Clima, da Organização das Nações Unidas, que deverá ocorrer de 21 a 23 de setembro, em Nova York.

Greve pelo Clima: Na Alemanha, manifestante segura cartaz com frase sobre a Amazônia: ‘A Amazônia não está queimando, está sendo queimada’. O protesto ocorre nesta sexta, 20 de setembro. — Foto: Wolfgang Rattay/Reuters

A Greve pelo Clima tem origem no “Fridays For Future” (Sextas-feiras pelo Futuro, em inglês), que ganhou repercussão com a adolescente sueca de 16 anos Greta Thunberg. Desde 2018, Greta falta às aulas nas sextas-feiras para protestar pelo clima. A iniciativa rendeu a indicação ao Prêmio Nobel da Paz e fez com que diversas outras greves se espalhassem pelo mundo. No Brasil, ao menos duas mobilizações tiveram repercussão nacional, uma em março e outra em maio.

Estão programados mais de 5 mil eventos em todo o mundo em 150 países, em uma sequência que deve terminar com uma manifestação em Nova York, informou a agência France Presse (AFP).

COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.