‘Lamento. Tem que aprovar, não tinha como’, diz Bolsonaro sobre Previdência

Após aprovação da reforma em 1º turno no Senado, presidente afirma que ‘não gostaria de mexer em muita coisa’

às 9:24

Por Pablisia Barreto Via O Globo Economia

Nesta quarta-feira, o presidente jair Bolsonaro disse que a reforma é necessária: “Se não fizer, quebra o Brasil em dois anos. Lamento. Tem que aprovar, não tinha como.” Foto: ADRIANO MACHADO/REUTERS/30-10-2019

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que gostaria de não ter que fazer muitas das mudanças que está propondo na Previdência , mas disse que a reforma é “necessária” para que o Brasil não quebre em dois anos. Bolsonaro disse ainda que, se outras pessoas estivessem em seu lugar, fariam o mesmo e ressaltou tentativas fracassadas de reformas de outros governos.  O Senado aprovou na terça-feira, em primeiro turno, o texto-base da reforma.

Bolsonaro não comentou a derrubada da mudança proposta no pagamento de abono salarial, que reduziu em R$ 76,4 bilhões a economia prevista com as novas regras. A sessão foi suspensa quando ainda faltavam seis destaques.

COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.