Mais de 1,3 milhão de empregos são extintos no país; Bahia perde 67 mil

Vestibular Agendado

Correio

desemprego0000000

Informações são do Caged | Foto: Divulgação

A Bahia perdeu, em 2016, 67.291 postos de trabalho com carteira assinada. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Os setores que mais perderam vagas foram : Serviços (-25.377 postos), Construção Civil (-19.783 postos), Comércio (-14.518 postos). Em todo o Brasil, foram extintos, em 2016, 1,32 milhão de empregos formais, o segundo pior resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que tem dados desde 2002. Somando os resultados aos de 2015, já são 2,86 milhões a menos de postos considerados de maior qualidade, pois garantem direitos e benefícios como seguro-desemprego e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Em nota, o Ministério do Trabalho disse que o número, apesar de negativo, “já mostra uma diminuição significativa no fechamento de vagas”. No ano anterior, foram 1,54 milhão de vagas formais extintas. Em eventos recentes, o presidente Michel Temer tem dito que o país voltará a criar empregos no segundo semestre deste ano. Mas economistas não estão tão certos de que o pior já passou.

pospaganda

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
Comente aqui!