Médico renomado mata a ex-mulher e atualiza o Facebook dela por oito meses para enganar a polícia

Caso aconteceu no Nepal e foi divulgado nesta semana
às 8:32

Times of India

Foto: Reprodução /Extra

No Nepal, um cirurgião indiano renomado matou a ex-mulher e atualizou o perfil dela no Facebook por sete meses para enganar a polícia. O caso foi descoberto na última semana. Na sexta-feira (21), ele confessou o assassinato e o seu plano para encobri-lo. Agora, está preso.

Segundo o “Times of India”, no início de junho o segundo marido de Rakhi Srivastava prestou queixa pelo desaparecimento dela. Para fingir que ela estava viva, o ex-marido, Dharmendra Pratap Singh, manteve o perfil da ex ativo, dando a entender que ela estava vivendo em Assam.

Em outubro, no entanto, a conta do Facebook de Rakhi foi rastreada e a polícia descobriu que ela era atualizada pelo cirurgião. Dois comparsas também foram presos. Dharmendra afirmou que a ex estava fazendo chantagem para ficar com uma de suas propriedades.

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.