Após traumatismo, jovem é eleito “calculadora humana” mais rápida do mundo

Um acidente grave mudou a vida do jovem Neelakantha Bhanu Prakash, que agora foi eleito a “calculadora humana” mais rápida do mundo.

às 19:33 e atualizado às 19:40

Avatar Por Redação Fonte: Só Notícia Boa

Neelakantha Bhanu Prakash – Foto: arquivo pessoal

Um acidente grave mudou a vida do jovem Neelakantha Bhanu Prakash, que agora foi eleito a “calculadora humana” mais rápida do mundo.

Ele ficou em primeiro lugar no campeonato mundial de cálculo mental, realizado em Londres no dia 15 de agosto.

Bhanu, é um rapaz indiano com 20 anos, que em 2005, aos 5 anos de idade, foi atropelado por um caminhão, enquanto andava de scooter com um primo e quase morreu.

O indiano sofreu traumatismo craniano, teve que fazer várias cirurgias e foi colocado em coma induzido durante uma semana.

Na época, a equipe médica disse que desempenho cognitivo da criança poderia ser gravemente afetado.

Mas aconteceu justamente o oposto. O acidente mudou a forma de o menino Bhanu se divertir e provocou uma paixão pela matemática!

A virada

Ele aprendeu a jogar xadrez e a resolver puzzles para manter a sua mente ocupada e ativa. Isso fez Bhanu perceber um gosto especial pela matemática.

Logo, o amor pelos números começou a dar frutos e, em 2007, aos 10 anos, ele ganhou o terceiro lugar num concurso de aritmética.

Depois, o jovem conquistou quatro recordes mundiais, representando a Índia e quebrou 50 recordes de Limca (uma espécie de livro Guinness indiano).

O novo prêmio

No mês passado Bhanu foi o primeiro asiático eleito como a “calculadora humana” mais rápida do mundo e o primeiro não europeu a ganhar o título em 23 anos de história do evento.

Ele disse à CNN, que não se considera “prodígio”, até porque acha a palavra “um pouco preocupante, na medida em que ela não transparece os esforços e a experiência”.

“É apenas um estado obtido do nada”, afirmou.

Realmente, Neelakantha Bhanu Prakash não venceu o campeonato por sorte. Ele conta que treinava de 6 a 7 horas por dia na escola.

Mas ele faz isso sem pressão. Bhanu revelou que pratica ouvindo música alta, conversando e  jogando críquete. E revela que o cérebro dele é treinado para fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Bhanu encara a vitória como um teste de perseverança.

Pela recente conquista, Bhanu recebeu os parabéns do Presidente indiano, Ram Nath Kovind, e do vice-Presidente, M. Venkaiah Naidu.

 

Siga o Retiro Notícias no Instagram - @retironoticias

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.