Novo balanço da Justiça Eleitoral indica 1.956 urnas substituídas

Número representa 0,43% do total de mais de 450 mil equipamentos espalhados pelo País. Estado de São Paulo lidera trocas, com 339 substituições

Foto: Henry Milleo/Fotoarena/Folhapress

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou, às 12h20 deste domingo (28), o segundo boletim da votação deste segundo turno das Eleições 2018 em todo o País.

Até o momento, 1.956 urnas foram substituídas, o que representa 0,43% do total, que é de 454.493 urnas instaladas. Em nenhum município foi registrada votação manual.

A unidade da federação com o maior número absoluto de urnas substituídas é São Paulo, com 339 até agora.

Depois vem o Rio de Janeiro, com 266, e Minas Gerais, com 204. Estas três unidades são os maiores colégios eleitorais do País.

O primeito boletim divulgado pelo TSE às 10h40, registrava que 912 urnas haviam sido substituídas.

Prisões

Ainda de acordo com o boletim do TSE, 35 eleitores foram presos durante a manhã deste domingo. Ao todo, foram registradas outras 46 ocorrências sem prisão, totalizando 81 casos.

A unidade da federação com o maior número de prisões foi o Pará, com 13. Em Minas Gerais, foram registradas 9 ocorrências sem prisão.

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.