STF rejeita novo recurso de Lula contra prisão após segunda instância

Até o momento, placar está 7 a 1; caso está sendo julgado no plenário virtual da Corte

via Notícias ao Minuto

Foto: Reuters / Paulo Whitaker

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou novo recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a prisão após condenação em segunda instância, no caso do triplex no Guarujá (SP). O caso está sendo julgado no plenário virtual da Corte, desde a última sexta-feira (7).

Lula está preso na Polícia Federal em Curitiba (PR), sentenciado a 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Neste processo, a defesa do ex-presidente buscava garantir a presença dele na disputa ao Palácio do Planalto. A pena do petista foi imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Até o momento, o placar está em 7 a 1 contra a liberdade de Lula, segundo o portal G1. Votaram contra o recurso os ministros Luiz Edson Fachin, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Gilmar Mendes. Marco Aurélio Mello foi o único a votar a favor do político.

O prazo para a votação dos demais ministros, que é feita de forma remota e sem a necessidade de discussão presencial, termina às 23h59 de hoje (14). Ainda são aguardados os votos de Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

 
COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.