Tratamento inédito contra refluxo dá resultados em 70% dos pacientes

Chegou ao Brasil um tratamento inédito que pode resolver até 70% dos casos de refluxo.

O Sistema Stretta já existe em mais de 40 países e foi utilizado pela primeira vez em setembro na Faculdade de Medicina do ABC (FMABC).

O Stretta promete fortalecer a musculatura do esôfago, que, quando apresenta frouxidão, permite que o suco gástrico suba do estômago e atinja o órgão, causando incômodo, ardência, dificuldade de deglutição e azia.

O gastrocirurgião Eduardo Grecco, que é Coordenador do serviço de endoscopia da faculdade, explica que os resultados no exterior foram positivos.

Como

“É um tratamento rápido, feito em uma sessão única de 30 minutos. O paciente acorda bem, recebe orientações para a dieta e vai para casa. Ele vai ser acompanhado de quatro a seis semanas, utilizando a medicação que está habituado e, depois, vai suspender a medicação.”

O método é uma terapia pouco invasiva que consiste em emitir energia de radiofrequência para o músculo entre o estômago e o esôfago, fortalecendo a estrutura.

Isso faz com que as paredes funcionem como uma espécie de “barreira” que impede que os fluidos subam e causem o refluxo.

A cirurgia, segundo o gastrocirurgião, resolve 70% dos casos e tem eficácia que varia de cinco a sete anos para 30% dos pacientes que enfrentam o procedimento.

Mas há alguns desconfortos ligados ao processo cirúrgico.

“Tem corte, anestesia geral e o paciente fica de uma semana a dez dias com dificuldade para se alimentar. Com o Stretta, ele tem dor e desconforto leves, mas já volta à dieta geral a partir do terceiro dia. Quanto menos invasivo, mais rápida a recuperação, menos riscos de infecção e menos efeitos colaterais.”

Com informações da Veja

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.