Um dia antes de leilão do triplex atribuído a Lula, imóvel avaliado em R$ 2,2 milhões não recebeu nenhum lance

Prazo para a apresentação das propostas termina às 14h de terça-feira (15).

Foto: Divulgação

Faltando um dia para o leilão do triplex em Guarujá (SP), atribuído pelo Ministério Público Federal (MPF) ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o imóvel não recebeu nenhum lance. O prazo para a apresentação das propostas termina às 14h de terça-feira (15).

O apartamento foi avaliado pela Justiça em R$ 2,2 milhões. A segunda data para tentar vender o apartamento está marcada para 22 de maio, no mesmo horário, com valor mínimo de 80% do valor de avaliação. Até a manhã desta segunda (14), o imóvel tinha sido visualizado no site por mais de 36 mil pessoas. Os lances devem ser feitos pela internet. Para visitar o triplex, a Justiça Federal determinou o pagamento de R$ 1 mil de caução.

O vencedor terá 72 horas para fazer o pagamento. De acordo com o Código Civil e o o Código de Processo Civil (CPC), vai ser respeitado o direito de preferência a condôminos, coproprietários ou cônjuges. O leilão será conduzido pela Marangoni Leilões, de Curitiba.

O leiloeiro tem comissão de 5% do valor da venda. Na determinação do leilão, o juiz federal Sergio Moro – responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância – tinha ordenado que os valores da venda devem ser “destinados, após o trânsito em julgado, à vítima no caso de confirmação do confisco ou devolvidos à OAS Empreendimentos ou ao ex-presidente no caso de não ser confirmado o confisco.”

G1

COMPARTILHAR
COMENTÁRIOS
Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Retiro Notícias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.